A Eleição dum deputado da CDU pelo Algarve é uma valiosa ajuda para fazer ouvir a voz dos Algarvios no Parlamento 

 

Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

Que ideias tem a CDU para apresentar à população?

                             

 

 
 
Em Olhão, a CDU defende a posição de terceira força política mais votada nas eleições autárquicas de há quatro anos, apresentando José Castanheira, que tem liderado o trabalho de combate às políticas do actual executivo a partir da assembleia municipal. Em entrevista, o cabeça-de-lista explica as ideias da coligação para o concelho.
Entrevistado:
 
Entrevistador/ Jornalista:
 
José Castanheira
Gestor de Seguros
José Castanheira, 58 anos, casado, é gestor de seguros na Mútua dos Pescadores e estudante universitário de Psicologia. Membro do PCP e da Comissão Concelhia de Olhão, é eleito e líder da bancada CDU na Assembleia Municipal de Olhão. Fundou o movimento cívico «Avisar Toda a Gente» e a Rádio Ria Formosa, que emitiu em Olhão. É membro do movimento «Somos Olhão!» e preside à mesa da assembleia geral da Associação de Defesa do Património de Olhão.
 
Edgar Pires
 

 

Questão:
Que ideias tem a CDU para apresentar à população?
Resposta:
Não encaramos as eleições autárquicas propriamente como um concurso de ideias. Para a CDU, as pessoas são o mais importante. Por isso, temos um projecto e uma estratégia coerentes e um conjunto de medidas que se articulam e fazem sentido entre si, com o objectivo de melhorar a vida (e a sua qualidade), das populações do Concelho.
 
A meu ver essa estratégia deverá assentar nos seguintes pilares:
 
1 – O Mar, A Ria Formosa e o cluster do Mar: Olhão deve a sua origem ao mar e à Ria. Não lhes pode voltar costas como tem sido feito. Tem que potenciar ao máximo, mas duma forma equilibrada os recursos que estas componentes proporcionam. Em coordenação com o Governo central, revitalizar as Pescas, despoluir a Ria, relançar o Marisqueio, aproveitar a Aquacultura em todas as suas disciplinas, relançar a Construção e Reparação Naval para a área da Marinha de Recreio. Criar condições para que Olhão seja efectivamente o Concelho do Mar e nessa medida o Turismo tenha o seu espaço para se afirmar.
 
 
 
2 – A Formação, a Cultura e a Cidadania: Cerca de 30% da população de Olhão, tem menos de 30 anos. A formação de Quadros Qualificados é essencial para atrair e reter investimentos. É portanto, necessário apostar decisivamente nos recursos humanos. Por outro lado, o Património, a História e a preservação da Memória Colectiva, potenciam o desenvolvimento económico e social e também nesta área há lugar para o turismo. Só cidadãos bem formados, socialmente conscientes e activamente intervenientes na vida da comunidade, permitirão a gestão participada e participativa de que Olhão necessita para neste início de século caminhar decisivamente para Olhão, Concelho da Cultura e da Cidadania!
 
3 – A Inovação e a Competência, como factores de alavancagem da dinamização dos sectores económicos tradicionais de Olhão, até da agricultura. Criação dum espaço científica e tecnologicamente avançado, que inclua incubadoras de empresas de diverso tipo, serviços ligados à Investigação e ao Desenvolvimento, aos Sistemas de Informação, ao Design, aos recursos do Mar, eventuais parcerias com a Universidade do Algarve, etc., para Olhão, Concelho do Conhecimento.
 
A complementaridade destes 3 princípios e a sua articulação com as 5 Freguesias (no quadro dum diálogo intermunicipal e regional), permitirão estabelecer um quadro de aproveitamento dos recursos naturais e humanos, de criação de riqueza e de instalação de serviços e estruturas que, que respeitando o Ambiente e a Natureza, proporcionem num prazo relativamente curto, a eliminação de alguns dos constrangimentos económicos, sociais, culturais e democráticos, que condicionam o Concelho e conduzam a uma situação em que dê gosto, não apenas morar, mas sim, viver no Município de Olhão.
 
O desenvolvimento e a concretização destes princípios, para os quais temos propostas concretas e contamos com os trabalhadores do Município, terão que ser feitos de forma articulada, integrada e participada por todos os actores envolvidos, isto é, os homens, as mulheres, os pescadores, os mariscadores, os agricultores, os comerciantes, os intelectuais, em suma, o Povo de Olhão.
 
A minha lista, os Candidatos da CDU, comprometem-se com estes objectivos e esta metodologia.

 

publicado por às 13:46
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Luis Gerardo Viegas a 1 de Maio de 2009 às 19:55
O Jornal "Brisas do Sul" vem por este meio agradecer os eleitos da CDU, por terem levado a aprovação na última Assembleia Municipal de Olhão um voto de felicitações ao BRISAS pela passagem do seu 12º ano de vida ao serviço da informação do Concelho de Olhão e do Algarve.
O nosso obrigado.

O Director
Luís Gerardo Viegas


Comentar post

.artigos recentes

. COMUNICADO DA DIRECÇÃO RE...

. Acerca das questões da se...

. Eleição de deputado da CD...

. Candidatos CDU e principa...

. Apresentação de Candidato...

. APRESENTAÇÃO DE CANDIDATO...

. 25 de Abril SEMPRE!

. TAXAS MUNICIPAIS - AUMENT...

. Resultados Eleitorais -De...

. ...

. FRANCISCO LOPES ESTEVE EM...

. FRANCISCO LOPES EM OLHÃO ...

.arquivos

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Setembro 2006

.links

.subscrever feeds